Início » Bateria Solar

Bateria Solar

bateria solar - Aonde Utilizar

A bateria solar pode ser utilizada tanto em sistema fotovotaico  Off-grid ou como em sistemas Híbridos.

  • Sistema fotovoltaico  OFF-GRID: trata-se do sistema que não está ligado à rede elétrica, ou seja, o estabelecimento depende exclusivamente da energia produzida pelo gerador solar;
  • Sistema fotovoltaico HÍBRIDO: neste caso, o sistema combina o off-grid com o on-grid (conectado à rede elétrica). Portanto, há a necessidade de ter uma bateria solar, porém em quantidades menores do que a necessária nos sistemas off-grid.

Tipos De Bateria Solar?

1 – De íon de lítio

bateria solar íons de lítio é assim denominada devido à sua composição, que utiliza apenas sais de lítio dissolvido em solventes não aquosos em seu eletrólito, em vez de lítio metálico. Por isso, tem uma longa vida útil e conta com produtos com garantia de até 10 anos. Suas principais vantagens são a alta densidade de energia, o longo ciclo de vida e a elevada eficiência.

Diferente das baterias convencionais, geralmente compostas por metais pesados altamente tóxicos como mercúrio, cádmio ou chumbo, a bateria de íons de lítio é feita com elementos muito menos agressivos ao meio ambiente e não emitem gases tóxicos. Atualmente, o mercado conta com baterias de células novas que podem chegar a 6.000 ciclos e, como alternativa, baterias recicladas second life mais acessíveis e com ciclos entre 900~1200.

Hoje, temos temos duas marcas de referencia que fabricam essas baterias a Dyness e a BYD

2 – De chumbo-ácido

Também conhecida como bateria selada VRLA, a bateria solar de chumbo-ácido é uma das mais clássicas e oferece uma vida útil relativamente curta com profundidade de descarga menor quando comparada a outros tipos de bateria. Por outro lado, a bateria de chumbo-ácido é uma das opções com valor mais atrativo.

As baterias VRLA possuem um eletrólito no seu interior confinado por meio de uma tecnologia em gel (gelificação) ou em AGM (manta de microfibra de vidro). Vale a pena destacar os seguintes aspectos dessas baterias:

  • Baterias em gel: indicadas para sistemas fotovoltaicos de médio e grande porte, as baterias em gel possuem um funcionamento cíclico de alto rendimento;
  • Baterias AGM: este tipo de bateria fotovoltaica tem uma resistência maior aos ciclos de carga e descarga, às temperaturas extremas e aos choques mecânicos.

Por conta desses fatores e da característica física da bateria, é possível recombinar internamente os gases gerados durante a utilização do equipamento, evitando a perda de elementos ativos e reduzindo a necessidade de fazer manutenção interna.

3 - De Níquel Sólido

Compostas por uma matéria-prima abundante, que incluiu o níquel, ferro, cloreto de sódio entre outros componentes, as baterias solares de níquel sólido são quimicamente mais seguras do que os outros tipos de bateria fotovoltaica. Também é importante destacar que o custo da bateria de níquel sólido é relativamente baixo. 

Alguns dos diferenciais deste tipo de armazenamento de energia solar são a densidade de energia, eficiência e durabilidade.

4 – de fluxo

As baterias solares de fluxos são compostas por uma solução à base de água de zinco-brometo que se movimentam pelos tanques de armazenamento. Dessa forma, a energia produzida é armazenada por meio das soluções líquidas. 

A capacidade de armazenamento de energia da bateria de fluxo está diretamente relacionada com o seu tamanho. Ou seja: quanto maiores forem as baterias de fluxo, maior será sua capacidade. Diferentemente dos demais tipos de bateria fotovoltaica, a bateria de fluxo necessita de uma manutenção periódica.

5 – OPzS

A bateria solar OPzS possui um eletrólito líquido e uma vida útil que pode passar os 10 anos. Além disso, essa bateria fotovoltaica pode realizar 1.500 ciclos com 80% de profundidade de descarga. 

A manutenção deve ser feita regularmente por se tratar de uma bateria ventilada e com liberação de gás. Também é importante se atentar ao local de armazenamento da bateria para evitar explosões.